O que é a Tecnologia da Informação

A tecnologia da informação é uma das principais áreas da humanidade atualmente, servindo como ferramenta meio para o desenvolvimento das mais diversas atividades, desde agrícolas até em pesquisas espaciais.

Atualmente não tem como ficar alheio a tecnologia, sendo que a mesma encontra-se em todas as partes. Não dá para imaginar as nossas vidas sem e-mail, redes sociais, twitter, site de notícias, de compras, entre outros.

No entanto é importante demonstrarmos de fato o que vem a ser a área de Tecnologia de informação, ou TI como é comumente chamada, e em especial o seu profissional.

 A área de TI é formada basicamente por três entidades, Hardware, Software e Pessoas. Alguns especialistas comentam na existência de outras entidades, contudo, iremos abordar pelo menos inicialmente somente essas três, pois julgamos as mesmas como as mais importantes.

Hardware.

Hardware é a parte física de um computador, como por exemplo, o processador, placa mãe, monitor, etc.

Software.

O software é toda a parte lógica, desde o sistema operacional ( Windows, Linux, Mac ) até as aplicações do dia-a-dia que todos usamos.

Pessoas.

Podemos dividir as pessoas como usuários e profissionais de TI. Os usuários são todas as pessoas que utilizam os softwares que estão instalados em um hardware, portanto, um profissional de TI é ao mesmo tempo um usuário, mas o que é um profissional de TI?

Ao contrário do que muitos pensam um profissional de TI não é alguém especialista em computador, existem as mais diversas especialidades dentro dessa área, como por exemplo:

  • Técnico (Suporte) – Responsável por realizar reparos em máquinas, como troca de        peças, limpeza e instalação softwares;
  • Analistas de teste – Responsáveis por realizar testes nas aplicações para validar sua eficácia antes das mesmas serem levadas aos clientes;
  • Analista de sistemas – Responsáveis por realizar as análises de o que o sistema necessita, se o mesmo é viável, e como deve ser construído;
  • Desenvolvedores de aplicações – Especialistas em desenvolvimento, podendo ser ainda especialista em uma linguagem de programação específica, desenvolve os códigos ou como muitos chamam a regra de negócio da aplicação;
  • DBA – Especialistas em banco de dados;
  • Analista de redes – Especialista na área de redes de comunicação de dados, responsável pela elaboração e implantação de projetos de redes, bem como do seu funcionamento;
  • Analista de segurança – Especialista em segurança computacional, responsável por manter a rede da empresa, e consequentemente os dados da mesma, livre de qualquer acesso não autorizado;
  • Gerente de projetos – Especialista em gerenciamento, responsável por garantir o andamento do projeto pelas perspectivas de prazo, qualidade e custo.

Bem essas são apenas algumas das possíveis áreas de atuação de um profissional de TI, sendo que cada profissional costuma ser especialista em apenas uma das áreas.

Para resumir, como muitas pessoas adoram brincar, uma boa explicação para os três itens mencionados é que: o hardware é aquilo que você chuta, software é aquilo que você xinga e o que seriam os profissionais de TI nesse processo? Simples é aquele que sofre todos os dias para que o usuário não precise chutar o equipamento, muito menos xingar o software que deu tanto trabalho para desenvolver. 🙂

Então é isso, mas em breve teremos muito mais assunto aqui no blog, até mais e qualquer sugestões ou dúvidas fiquem a vontade para comentar.

TI e os “meninos da informática”

Tecnologia da informação. Mais conhecida como TI você já deve ter ouvido falar bastante nessa sigla, ela está ficando cada vez mais famosa. Mas afinal, o que será isso?

Existem várias definições para o termo, procurando no Google você encontrara muitas delas. Mas resumindo, TI é um conjunto de atividades que tem como objetivo disponibilizar a informação de forma segura, rápida e eficiente. Num mundo altamente capitalista e competitivo a informação vale ouro. Então a ciência que trata da informação é tão valiosa quanto.

Tão noticiada quanto a área de TI é a falta de profissionais no mercado. Esse é um assunto que já está ficando batido e que será discutido melhor em outro texto, mas porque meu Deus falta gente? Quem é esse povo e o que eles fazem que são tão raros?

Provavelmente você deve conhecer um estudante/profissional de TI. É aquele seu vizinho com cara de nerd, que você acha meio estranho e que costuma chamar de “menino da informática”. Mas, ao contrario do que muitos pensam, TI não consiste em gravar cds, mexer no photoshop (eu mesmo não sei nem por onde começa), baixar música e outras coisas do gênero. Essas coisas muitos de nós sabemos, mas por ter a mania de mexer em tudo que é programa por simples curiosidade. O profissional de TI faz coisas grandiosas, somos quase super heróis. Salvamos a vida de muita gente agilizando e facilitando tarefas que antes levavam muito tempo e hoje são bem rápidas. Imagine (ou lembre se você for mais velhinho) por exemplo como tarefas que hoje parecem simples, antigamente eram complexas e levavam muito tempo.

Um exemplo simples são as nossas eleições. Hoje feitas por meio de urnas eletrônicas, nos permitem conhecer os eleitos no mesmo dia, coisa que não acontece em países que utilizam as “modernas” cédulas de papel. Isso sem falar da questão da segurança e da impossibilidade de invenção de candidatos.

Bom, já falei demais sobre a área, no próximo post iremos conhecer os ramos da TI e seus profissionais então até lá.